Janeson ML

on quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Resenha Natasha - Flávia Andrade


Olá Galerinha! Como estão todos?
Vamos dar uma conferida nessa resenha ? 
Um livro apaixonante e único.



Realmente você viverá um amor de estações.






Em parceria com a Editora Deuses hoje trago a resenha desse magnifico livro, Natasha.
Encantador, apaixonante e único um livro estreia da escritora Flávia Andrade uma sul mato grossense que desde cedo tinha a literatura como escapatória e então escreveu esse romance para que hoje nós escapássemos para o mundo dela, o mundo PJ e da Fox.




ISBN-13: 
9788566754209

ISBN-10: 8566754204

Ano: 2014 / Páginas: 147

Idioma: português 

Editora: Deuses







Sinopse:
Natasha - Natasha é um romance doce, apaixonante, narrado tão graciosamente singelo, sendo espontâneo e agradável, mas profundamente marcante, mesmo em meio às palavras mais simples. Já estou com saudades de PJ e FOX. Não lê-lo é um erro, leitor.PJ é um garoto solitário e melancólico, apaixonado por poesia e pela musicalidade da vida. Tendo nele as veias transbordadas de paixão, os impulsos de felicidade, as lembranças das quatro estações, devido a ter conhecido Natasha na Primavera, e nenhuma Primavera vivida por ele foi tão bela quanto aquela; nenhuma flor teve um perfume tão bom, aproveitando ao máximo cada segundo.Natasha é uma jovem ruiva de olhos foscos, uma incógnita apaixonante, levando PJ a desvenda-la, a amá-la. Altamente esperta e de pensamentos velozes como uma raposa, renderam-lhe o apelido de Fox. E ela o ensina a valorizar o sentimento que a natureza proporciona, mesmo que as folhas secas outonais comecem a nos ferir. Ela ensina um poeta a fazer poesia, a escutar o silêncio, levou PJ a ter atitude, e ele era um tímido antissocial. Natasha colore sua vida, e seu preto e branco passa a ter mais tons que arco-íris. Entretanto, Natasha é chama e cada estação é uma mudança. PJ está altamente sujeito à dor do amor.

-Sales Rodrigues, escritor e crítico literário


   Como começar a resenha de um amor tão espetacular, um amor de quatro estações aquele que veio para emocionar nossos corações mas que foi embora tão rápido. Esta obra é realmente encantadora, é uma obra única, pois conta a vida de dois apaixonados, dois perdidos que realmente não sabem o que fazer. Agora que já terminei de ler este mundo sinto um vazio em meu peito, sinto falta do tímido PJ e da bela Fox.
Inicialmente eu achei que este livro seria mais um romance clichê, bobo, mas não era nada do que eu pensava, realmente fiquei surpreso foi além das minhas expectativas.

   A história é narrada por Paulo Jacu, nosso famoso PJ (
mas porque Paulo Jacu? Descubra no livro rs'rs). A obra não é nada mais nada menos que uma prosa poética onde PJ passa em papel cada uma de suas memórias vividas com a garota ruiva, a garota de quatro estações, o maior amor de sua vida, ele escreve para que aqueles momentos sejam eternizados e jamais esquecidos mesmo tendo de mostrar que nem tudo na vida são rosas e flores, muitas vezes são espinhos e e pedras mas mesmo assim cada momento com Natasha Paulo queria eternizar.

   Cada memória ali contida mostra-nos a grandeza de sentimentos fortes, no caso, o amor... Quando digo sentimento forte é aquele que tende a não ser esquecido, aquele que marca, aquele que nenhum outro pode ser capaz de encobri-lo. O  seres-humanos normalmente começam a esquecer as coisas que acontece em sua vida mas sentimentos grandiosos são capazes de ser inesquecíveis  e foi essa lição que PJ nos mostrou.
   Esse gênero nunca foi nem nunca será um dos meus gêneros favoritos porém o livro foi além dos padrões do gênero e mostrou-me uma nova forma de enxergar o amor.
Devo parabenizar a escritora  Flávia Andrade que transformou cada capitulo em uma leitura confortável e agradável cada capítulo é curtinho e de fácil entendimento, além do mais o livro foi inspirado na musica de mesmo nome do livro da banda Capital inicial, isso porventura mostra o excelente gosto da nossa escritora.



O livro é realmente bom e eu recomendo a todos apaixonados amantes da poesia.


E quando enfim você encontrar seu amor diga a ele:
" Você é uma poesia que eu escrevi antes mesmo de te conhecer[...]"
















Comentários
2 Comentários

2 comentários

11 de novembro de 2015 18:52 Reply Delete Delete

Oi! Adorei a resenha sobre o meu livro, fico honrada por ter gostado tanto. É um ótimo incentivo ler bons comentários a respeito de Natasha!
Se não for incômodo, adoraria ter essa resenha postada também no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/408973/edicao:464080

Agradeço novamente. E o blog é lindo, adorei! Beijos.

avatar
12 de novembro de 2015 12:13 Reply Delete Delete

Oi, Janeson! Já li Natasha e também adorei. Tive a oportunidade de estudar com a escritora ;-)
Ah, parabéns pelo blog. Continue investindo nele.
Abraço
Blog do Ben Oliveira

avatar